domingo, 5 de outubro de 2008

Dilmar é reeleito em Limoeiro do Norte

Contrariando as pesquisas divulgadas na cidade, o atual prefeito de Limoeiro do Norte, João Dilmar da Silva, é reeleito para mais um mandato de 4 anos.
Vereadores eleitos:
Eliezer (PRB) - 2.102
Barão (PRB) - 1.797
Prof. Hélio (PT) - 1.676
Mixico (PRB) - 1.570
Gladis (PRB) - 1.516
Heraldo Holanda (PR) - 1.471
Nadir Chaves (PT) - 1.375
Valdir do Suburbão (PR) - 1.320
Marduque Duarte (PSDB) - 1.161
Gilvan Moura (PMDB) - 992
A militância atuante de Maria Arivan Lucena (PR) e a força de Paulo Duarte (PSDB) nos distritos mais afastados não foram páreo para a coligação de 10 partidos que se uniram em torno da candidatura do atual prefeito de Limoeiro do Norte, João Dilmar da Silva (PRB). Ele foi reeleito com 37,90% dos votos válidos. O tucano Paulo Duarte, principal opositor de Dilmar durante a campanha, terminou com 33,13%. Maria Arivan ficou logo abaixo, com 28,53%.
João Dilmar contou com a força de partidos como o PSB, do governador Cid Gomes, além de PT e PMDB. Ex-presidente da Associação dos Prefeitos e Municípios do Estado do Ceará, Dilmar é ligado ainda ao deputado federal Ciro Gomes. Para os próximos quatro anos de mandato, ele mantém um proposta ousada para melhorar a segurança do município: trazer o Ronda do Quarteirão para as ruas de Limoeiro. "Já acertei com o governador", garante o gestor.
Mas a melhoria do sistema de saúde ainda é a principal reclamação da população de Limoeiro do Norte. Faltam médicos nos hospitais e postos de saúde. "Sabemos das nossas deficiências. Mas já temos acertada a construção de uma policlínica com 10 especialidades médicas. E vamos melhorar o PSF (Programa Saúde da Família)", promete João Dilmar.
por Thiago Cafardo, Jornal O POVO

6 comentários:

Edileuza Salviano Pereira disse...

No mundo da modernidade e altas invenções tecnólogica as elições são descidadas na compra de votos como foi o fato de Limoeiro do Norte onde o manda chuva intimidou até a justiça local e destribui dinheoros aos que ajudavam na campanha de joão Dimar e comprou tanto voto que o elegeu até que ponto este pais que é campeão mundial da corrupição vai ter jeito só Deus sabe.Nós hoje temos vergonha de ser de Limoeiro do Norte Ceará

Paulo Henrique disse...

Sem querer ofender ninguém Dane(Mural de recados), o problema ocorrido em Limoeiro do Norte nas eleições (corrupção eleitoral) está muito além do simples fato de um grupo estar ou não conformado com a derrota, ter ou não aceitado a derrota e sim "como essa derrota aconteceu". E acho que ficou claro para muita gente como transcorreu essa eleição. Infelizmente, para haver uma mudança verdadeira no pensar político, temos que deixar nossos interesses particulares de lado e passar a pensar nos benefícios que uma canditura pode trazer para a coletividade e não direcionada para um pequeno grupo onde a maioria fica às sobras do banquete orquestrado por esses ou outros que venham a assumir cargos públicos. Faço coro com a Edileuza em relação a essa eleição que realmente foi vergonhosa para nosso povo!!

Anônimo disse...

Companheiros Paulo e Edileuza, a vergonha está disseminada na Região Jaguaribana. As elites governistas não se conforma com a vontade popular e usa meios escusos para se elegerem a todo custo. Além da vitória do Dilmar (PRB), o prefeito de Quixeré, Raimundo “Pitiúba” (PRB), e o ex-secretário de Finanças, Raimundo Brito, se uniram e montaram um mutirão de ganha eleição a todo custo. As mesmas práticas vergonhosas e corruptas realizadas em Limoeiro do Norte foram praticadas no vizinho Quixeré. A cidade já está marcada com a má administração e será castigada por mais 4 anos de ignorância, corrupção e descaso com a população. Houve até advogado comprando votos desesperadamente para não ver a opositora (Luzimar Bandeira) vencer as eleições.O mais triste para nosso país é ver a conivência de outros poderes como a justiça eleitoral e pode de polícia que foram avisados diversas vezes e até o então momento não se manifestaram. Não tenho nenhuma simpatia com a legenda PSDB (Paulo Duarte e Luzimar Bandeira), mas a razão das minhas palavras é a indignação com a não respeito do direito supremo da vontade popular de decidir seus representantes assim como reza a Constituição Federal da REPÚBLICA DO BRASIL de 1988. Infelizmente, talvez esquecida e ignorada como administradores como Dilma e Pitiúba ambos do Partido da REPÚBLICA DO BRASIL.

Anônimo disse...

O que acontece em Limoeiro do Norte, bem como em grande maioria dos municipios brasileiros, sobretudo nordestinos, são os resquícios ainda da política dos antigos coronéis, que ainda está impregnada na mente de muitos dos nossos políticos atuais, levando-se em conta que todos têm a mesma origem, por conseguinte, filhostes de uma mesma doutrina política, implantada pelos "líderes" passados, como por exemplo Manodel de Castro. Mas poderíamos até esquecer esse detalhe, e analisarmos de forma diferente. O fato de todos os candidatos nesse ano terem partido para a COMPRA DE VOTOS, só demonstra a fragilidade de cada um diante do eleitor, que visivelmente, nessa eleição, ficou atordoado, sem uma opção, semq ue fosse a mesma de há muitos anos. O sistema político de Limoeiro do Norte, por está em fase de falência total, em declinio irreversível, só encontra maneira de permanecer no poder se partir para o aliciamento, aproveitando-se justamente dessa indefinição do eleitor, que atarantado, desiludido com o sistema atual, torna-se presa fácil nas mãos dos corruptos. E não adianta esconder que a pra´tica do aliciamento foi usada por todos os candidatos (menos o do PSTU), e levou vantagem aquele que detinha em mãos maior poder de compra. Resultado disso é mais 4 anos de corrupção e imcompetência administrativa. Vamos torcer para que brevemente surja em Limoeiro do Norte, um novo CICLO POLÍTICO, que seja menos cruel, menos desumano, menos corrupto e menos aliciador de consicências alheias do que os que está implantado atualmente. Dos nossos políticos atuais, só podemso dizer uma coisa: NIGUÉM É PIOR DO QUE NINGUÉM, SÃO TODOS FARINHA DO MESMO SACO"

DEYVISON disse...

Caros amigos que postaram acima, é muito fácil dizer que alguém comprou ou deixou de comprar votos nas eleições, quem sabe vocês também não compraram? Quem sabe muita gente não comprou, ouvi falar que beltrano comprou votos, o vereador fulano comprou votos etc;falar é muito fácil, e acusar sem provas é mais fácil ainda ... Basta um desafeto meu ou adversário ser candidato que eu vou protocolo uma denúncia contra ele, e depois, mesmo que provem que ele não "comprou" nada de votos o estrago já está feito em sua honra e imagem ... Portanto, caso não tenhamos provas, acusando uma pessoa de compra de votos nós mesmos somos considerados criminosos perante a Lei brasileira, crime de calúnia e difamação, aí sim isso se torna verdaderamente vergonhoso !

Deyvison Ribeiro_ Advogado.

Anônimo disse...

Deyvison realmente vc é um advogado! e o que realmente é um advogado?
É a espécie que mais se vende pelo poder por um trocado.
Limoeiro é vergonhoso sim. Onde é que já se viu um amigo do prefeito mandar na prefeitura e não haver um ordem superior que possa punir essa vergonha.
Talvez todos sejam capazes de comprar votos. Mas o caso de Limoeiro foi a forma descarada e ditadora imposta. Opção, pelo menos, por um candidato honesto, tivemos sim, e isso foi provado no mandado da ex-prefeita Arivan Lucena. Mas isso incomodou os desonestos. A sujeira todos conhecem. Ficam nesse barco pq são iguais ou querem se dar bem.