sábado, 27 de junho de 2009

Ed Benes: De Limoeiro do Norte para o mundo

Destaque na Revista VEJA, o cearense José Edilbenes, ex-servente de pedreiro, faz sucesso desenhando super-heróis para uma das mais poderosas editoras de quadrinhos dos Estados Unidos.
Em Limoeiro do Norte, no interior do Ceará, onde as carroças ainda disputam espaço com motos e bicicletas nas ruas, todos conhecem José Edilbenes Bezerra, de 36 anos, como "aquele que desenha". Desde os 18, quando deixou de fazer bicos em uma fábrica de filtros e de trabalhar como servente de pedreiro, ele passa até onze horas por dia, incluindo sábados e domingos, sentado numa escrivaninha com o lápis em punho. Mesmo sem entender inglês nem nunca ter saído do país, Edilbenes é contratado exclusivo da poderosa DC Comics, a segunda maior editora de quadrinhos dos Estados Unidos, detentora de títulos como Batman e Superman.
TODOS OS HERÓIS DE EDILBENES: Para desenhar do Superman ao Batman, o desenhista, que não fala inglês, recebe os roteiros traduzidos.
Os quadrinhos que desenha raramente chegam a uma das três bancas de Limoeiro, mas ele não se incomoda com isso. "Aqui todos sabem o que eu faço. Vira e mexe vem um garoto me mostrar uma ilustração e pedir dicas", diz Ed Benes, apelido pelo qual é conhecido no exterior. O cearense não é o único brasileiro do ramo a fazer sucesso nos Estados Unidos. O número de artistas nacionais que emprestam seus traços às editoras de quadrinhos americanas triplicou nos últimos quatro anos. Atualmente, outros 150 desenhistas e coloristas trabalham nesse mercado. A maioria faz 22 páginas por mês, o equivalente ao tamanho de uma edição. Como recebem de 50 a 500 dólares por página desenhada, sua renda mensal varia de 1 100 a 11 000 dólares.
Clique aqui e conheça o Ed Benes Studio
Os desenhistas brasileiros são parte de uma indústria que movimenta anualmente, só com a venda de publicações, 330 milhões de dólares nos Estados Unidos. Neste ano, dos dez quadrinhos mais vendidos por mês, dois foram desenhados por artistas nacionais. O traço brasileiro não agrada só ao público: faz sucesso também entre os críticos. Em 2008, o gaúcho Rafael Grampá e os gêmeos Fábio Moon e Gabriel Bá, de São Paulo, venceram o Eisner Awards, premiação americana que é considerada "o Oscar dos quadrinhos". A equipe, que inclui dois outros desenhistas estrangeiros, ganhou com uma série de histórias sem balões em que os personagens são os próprios desenhistas. "Depois do prêmio, ficou muito mais fácil discutir novos projetos com as editoras", conta Moon. Hoje, ele e o irmão trabalham juntos em projetos para duas editoras internacionais.
Ed Benes trabalha no mercado internacional de quadrinhos. É autor dos traços da famosa "Liga da Justiça". (Foto: Melquíades Júnior)
O crescimento da participação de estrangeiros no mercado de quadrinhos americano (além dos brasileiros, também italianos e filipinos vêm ganhando espaço nele) deve-se principalmente à facilidade com que, graças à internet, as editoras identificam novos artistas e recebem deles os desenhos. Além disso, o preço de página de um iniciante estrangeiro é menor do que o de seu equivalente americano. "Enquanto um brasileiro que está começando cobra, no máximo, 75 dólares por página, um americano não trabalha por menos que isso", diz Joseph Rybandt, editor da Dynamite Entertainment. "Claro que, quando eles ficam mais renomados, o salário acaba se igualando", diz.
As agências especializadas, que se encarregam de fazer a ligação entre artistas e editoras, são outro elemento facilitador na contratação de estrangeiros pelos americanos. Segundo Chris Allo, coordenador de talentos da Marvel Comics, grande parte dos desenhistas brasileiros não fala inglês e, portanto, não entende os roteiros originais das histórias que ilustra. As agências é que se encarregam de fazer a tradução. Ed Benes usa esse tipo de serviço. Mas, quando tem de se comunicar com o intermediário que vende originais de seus trabalhos a fãs nos Estados Unidos (ao preço de até 10 000 dólares cada desenho), recorre ao tradutor automático do Google. Mensalmente, ele recebe da DC Comics em torno de 8 000 dólares, descontados os 18% que ficam com a agência. O dinheiro o tornou um dos moradores mais ricos de sua cidade. Difícil é gastá-lo, já que na pequena Limoeiro nem cinema tem. Para ver seus heróis na tela, o artista tem de viajar 200 quilômetros até Fortaleza.
Quando os primeiros desenhistas brasileiros começaram a ser contratados nos Estados Unidos, no fim da década de 80, os editores temeram que seus nomes soassem latinos demais para os ouvidos americanos. Ao sul-mato-grossense Marcelo Campos, por exemplo, sugeriram que assinasse "Marc Fields". "Não gostei, mas acabei topando assinar como Marc Campos", diz. Um dos pioneiros do mercado, ele foi desenhista dos mutantes do X-Men e do Homem de Ferro, entre outros personagens. Hoje, Marc voltou a ser Marcelo e abriu uma escola de desenho em São Paulo, para ensinar garotos que aspiram um dia dar vida ao Superman ou mostrar uma batalha entre o Homem-Aranha e o Duende Verde na Times Square – ainda que nunca tenham estado lá, como Ed Benes.
Há algum tempo, o artista cearense foi convidado pela DC Comics para participar de uma convenção de quadrinhos em San Diego, na Califórnia. "Tudo pago, mas eu não quis ir. Nem passaporte eu tenho, e daria muito trabalho para tirar." Ed chegou a morar em São Paulo, mas não gostou da experiência. "Lá é um desassossego só. Não quero sair daqui, não." Nem precisa. De Limoeiro do Norte, seus desenhos já dão a volta ao mundo.
Fonte: VEJA.com, por Kalleo Coura

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Escolas de Limoeiro do Norte contempladas com o prêmio "Escola Nota 10"

Duas escolas de Limoeiro do Norte receberam no dia 22 de junho, o prêmio "Escola Nota 10", do Sistema Permanente de Avaliação da Educação básica do Ceará (SPAECE), que avalia a qualidade do ensino entre os alunos do 2º ano. Na avaliação de 2008, as escolas Judite Chaves e Antônio de Castro receberam R$ 97.500,00 e R$ 54.375,00, respectivamente.
De acordo com os critérios do SPAECE, 20 escolas municipais apresentaram médias superiores em relação a 2007. Cada escola que obteve a média acima de 8,5 (oito e meio) recebeu R$ 2.500,00 por cada aluno matriculado na turma no segundo ano.
A escola Antonio de Castro Pereira, do Córrego de Areia, recebeu a premiação de R$ 54.375,00, valor correspondente aos 75% do prêmio total, recebido pela diretora da escola Lianir Chaves Lima Braúna e pela Professora do 2º ano Vilanir Chaves Lima Ribeiro.
A escola Judite Chaves Saraiva, na sede, foi premiada com R$ 97.500,00, valor correspondente a 75% do premio total. A escola tem à frente a Diretora Maria de Fátima Holanda e as Professoras do 2º ano Francisca Gleidene e Maria Célia.
Os outros 25% da premiação de cada escola, será entregue mediante a permanência dos bons resultados do ano de 2008 em 2009. Além disso, cada escola terá que “apadrinhar” outra escola do município que obteve baixo índice nos resultados de 2008, para que a mesma supere tais resultados no ano de 2009.
O Município de Limoeiro do Norte foi representado no evento pelo Prefeito Municipal João Dilmar da Silva, a Secretária Municipal de Educação, Juliana Soares, a Gerente Municipal do PAIC, Iranir Chaves Lima, Prof. Maílson Cruz e as Diretoras das escolas premiadas: Lianir Chaves Lima, da escola Antonio de Castro Pereira; e Maria de Fátima Holanda, da escola Judite Chaves Saraiva.
Informações:.www.limoeirodonorte.ce.gov.br

Limoeiro empata com Ferroviário no Futsal

Jogando na capital cearense, na noite desta quarta-feira (24/06), o Limoeiro fez um grande teste na sua preparação para o Zonal do Intermunicipal de Futsal 2009.
O empate em 1 a 1 com o Ferroviário, que até então, é o vice líder do Campeonato Cearense de Futsal Adulto Masculino 2009, foi um bom resultado para a seleção limoeirense, levando em conta a qualidade da equipe adversária.
Naldo (Carrapato) marcou o gol da Seleção de Limoeiro, que teve como destaque o goleiro Gerlânio, que fez grandes defesas, ajudando a seleção limoeirense a garantir o empate.
Colaboração: Rafael Carlos

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Festejos mobilizam juventude no V Limoeiro Junino

A quinta edição do Limoeiro Junino, que acontece até sábado, promete trazer o melhor da tradição junina.
Só duas atividades tradicionais mobilizam tanto e com tanta antecedência a juventude colegial: festa junina e desfile de 7 de Setembro. Mesmo quem está de fora já percebe pelo eco barulhento a agitação dos ensaios.
E como o mês é de arraiais em praticamente todos os municípios do Nordeste, centenas de jovens esperam dançar e cantar em verdadeiras loas ao sertão. Um dos principais eventos juninos da região jaguaribana, o V Limoeiro Junino tem início hoje e segue até sábado, com brincantes de oito a 80 anos de idade. Serão R$ 3.500 em prêmio mais troféus para os melhores grupos.
Na manhã desta quinta-feira (25/06), enquanto as quadrilhas fazem os últimos retoques, as cozinheiras preparam os pratos tradicionais e conhecidos pelos sertanejos. Ao final, estará tudo armado hoje à noite nas proximidades do Colégio Diocesano, que vai sediar o festival municipal de quadrilhas.
Logo no início do ano, quando se discute o tema da vez, os quadrilheiros se encontram nas quadras esportivas, ensaiando principalmente no fim de noite, já que a maioria trabalha ou estuda. Ensaiam até mesmo no escuro. Mas a partir de hoje, os grupos devem brilhar na luz multicolorida. E um cortejo de carroças caracterizadas abrirá a noite. Ao fim do festival será premiada a carroça mais bem ‘arrumada’ do evento.
Limoeiro do Norte se enche de alegria com o V Limoeiro Junino, que segue até sábado (27/06). A prefeitura vai distribuir prêmios às melhores quadrilhas.
Ação nas comunidades
De acordo com o secretário da Cultura, Renato Remígio, a prefeitura está apoiando todas as manifestações nas comunidades de Limoeiro, o que inclui grupos como a “Turma do Beijo”, da localidade de Sucupira, o grupo do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), o arraial da Melhor Idade, em parceria com o Corpo de Bombeiros, e o Festival Junino de Pitombeira.
Se hoje tem bolo de milho, fubá, macaxeira e um tanto colorido de guloseimas juninas, também tem quadrilha. Uma das atrações é o Arraia da Melhor Idade, com brincantes de 60 a 80 anos coordenado pelo grupo de bombeiros.
Na ala competitiva, é grande a expectativa de grupos como a Quadrilha Filhos do Sertão, simplesmente tetra-campeã do festival e quarta colocada no Campeonato da Federação de Quadrilhas do Ceará. Com o tema “Quermesses e novenas de São João”, o grupo da comunidade de Arraial também se prepara para levar o nome de Limoeiro para os principais festivais do Ceará.
Outro destaque é a quadrilha Cheiro do Sertão, da comunidade de Quixaba, que venceu o edital dos festejos juninos pelo Governo do Estado do Ceará e, portanto, teve aporte de R$ 10 mil para sua atividade neste período. Foram aprovados com o projeto “Literatura de Cordel – símbolo do homem, inspiração do céu”, inscrito por Romário Moura da Silva, do grupo. Ao todo foram 58 grupos de quadrilha de Fortaleza e mais 18 municípios contemplados pelo edital da Secretaria da Cultura do Estado.
Conforme a Secretaria da Cultura, serão distribuídos R$ 1.500 para o 1º colocado, R$ 1.000 para o 2º e R$ 500 para o 3º lugar, além de troféus para o melhor casal de noivos, a melhor rainha, o melhor casamento e o melhor marcador.
Mais informações:
V Limoeiro Junino
De 25 a 27 de junho, na quadra do Colégio Diocesano
Secretaria Municipal da Cultura - (88) 3423-1965
Informações: Diário do Nordeste / Reportagem e Fotos: Melquíades Júnior

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Limoeiro se reforça para Intermunicipal de Futsal

A Seleção Limoeirense Masculina de Futsal Adulto contará com os reforços de Lequinha e Celinho, para a disputa do 37º Intermunicipal Cearense de Futsal Adulto Masculino 2009. Os mesmos estiveram na campanha vitoriosa do Limoeiro Futebol Clube, na qual sagrou-se campeão da Segundona Cearense 2009.
Na foto, do site Miséria.com.br, Celinho tem a posse de bola, observado por Lequinha e a marcação do Crato, na partida entre Crato 8x3 Limoeiro, no estádio Mirandão (14/06/09).
Além dos limoeirenses, a seleção acertou com Dedo, que disputou o Campeonato Cearense Adulto de Futsal 2009 pelo Maracanã. Os três reforços deveram iniciar seus trabalhos junto com o grupo a partir desta quinta-feira (25/06).
Amistoso
Nesta quarta-feira (24/06), a Seleção Limoeirense de Futsal viaja para Fortaleza para enfrentar o Ferroviário, a partir das 20:00h na quadra do Liceu, dando seqüência aos amistosos preparatórios.

Academia Limoeirense de Letras empossa membros para biênio 2009/2011

A Academia Limoeirense de Letras de Limoeiro do Norte empossou os membros para o biênio 2009/2011, com o conselho diretor formado por Francisco Irajá Pinheiro (presidente), Expedito Araújo (1º vice-presidente), José Maria Guerreiro (2º vice-presidente), Maury Oliveira (1º secretário), João Filho (2º secretário), Arnóbio Santiago (diretor de patrimônio), Tonheiro Mendes (diretor adjunto), Flávio Saraiva (1º orador), Marcelino Castro (2º orador), Rúbio Vieira (1º protocolo) e Cláudio José Maia (2º protocolo).
Membros da Academia Limoeirense de Letras de Limoeiro do Norte tomaram posse para biênio 2009/2011. Na ordem: Arnóbio Santiago, Irajá Pinheiro, Expedito Araújo e José Maria Guerreiro.
Informações: Diário do Nordeste (Satélite, no caderno Regional)

terça-feira, 23 de junho de 2009

Operação de limpeza em Limoeiro, após enchentes

Com o recuo das águas das chuvas, todas as áreas que foram danificadas e sujas serão visitadas pela operação de limpeza desencadeada neste município, lançada no último fim de semana, com entrega de equipamentos para as equipes de limpeza urbana da cidade.
Os garis receberam Equipamento de Proteção Individual (EPI) e máquinas para poda. O material já era reivindicado pelos servidores havia bastante tempo.
A cidade está, indiscutivelmente, mais suja que o normal, por causa das chuvas. No quintal das casas, o mato cresceu e, no fim de semana, é todo arrancado, e os entulhos são colocados na frente da casa. Se não for dia de coleta, o lixo se espalha na rua, aumentando o trabalho dos garis — cerca de 40 servidores atuam nas equipes de limpeza, entre agentes de coleta e motoristas. Os 28 pares de botas, sapatos, calças, chapéus e camisas do uniforme e demais equipamentos foram entregues na WA Construções e Serviços, que atua na prestação de serviço terceirizado.
Prefeito entrega novos equipamentos de coleta e proteçao aos garis.
“Foi bom, a gente estava precisando, o nosso uniforme já estava bastante gasto”, disse o gari Francisco da Costa Silva, ou “Baixinho da Prefeitura”, há 21 anos trabalhando na limpeza urbana de Limoeiro do Norte, coletando o lixo doméstico das ruas e praças.
Na entrega, já experimentou o uniforme novo — foram entregues sapatos, botas, calças, camisas e bonés, além de quatro máquinas para podas do mato que fica no canteiro das ruas e também das praças.
A reivindicação do “Baixinho” agora é quanto aos salários. Garis disseram que há dois meses estão recebendo cerca de 10% menos. Segundo a Prefeitura, o reajuste de alguns dos servidores ocorreu na cota recebida de insalubridade, que em alguns casos estava além do que deveria, e houve uma equiparação aos demais servidores da limpeza.
O secretário de Desenvolvimento e Infra-estrutura, José Lins Guerra, pediu empenho aos servidores para a limpeza “extra” a ser realizada devido aos estragos causados pelas águas das chuvas. O prefeito João Dilmar alertou para que os motoristas dos carros de lixo soubessem respeitar o ritmo de coleta dos garis, “para que dê tempo de pegar o saco do lixo e devolver os depósitos na frente das casas, sem deixar jogados no meio da rua”.
Todos os dias são colhidas cerca de 40 toneladas de lixo no município, que são depositadas em aterro sanitário que ainda não segue todas as condições necessárias de depósito de resíduos sólidos. Está em vigor um consórcio intermunicipal de construção de aterro sanitário na região.
Informações: Diário do Nordeste / Reportagem e Fotos: Melquíades Júnior

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Vídeo: Limoeiro FC é campeão da Segundona 2009

Limoeiro está em festa! O Jaguar do Vale venceu o Crato por 3 a 2 na final da segunda divisão do Campeonato Cearense, em pleno Mirandão, e comemorou o título no campo do adversário.
Confira os gols da partida, em reportagem do programa Jangadeiro Esporte Clube, da TV Jangadeiro, e o comentários de Alan Neto.

TCU condena ex-prefeito de Limoeiro do Norte a devolver recursos públicos

A região Nordeste é onde os gestores são mais indisciplinados. Um total de 116 foram condenados pelo Tribunal de Contas da União.
Nove anos depois de sua criação a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) trouxe para o País o equilíbrio das contas públicas, em todos os níveis, ao fixar regras rígidas de controle dos gastos, dificultando os desvios dos recursos públicos, por parte dos gestores nos diversos níveis. Apesar da fiscalização intermitente dos tribunais de contas, há gestores que ainda conseguem "driblar" a legislação, ou pelo menos tentam.
A região Nordeste lidera o número de gestores condenados este ano - 116, sendo que o estado da Bahia é campeão com 34 prefeitos flagrados pelo Tribunal de Contas da União. O Maranhão vem logo em seguida com 33 prefeitos que terão que devolver dinheiro público, por irregularidades.
O Ceará teve dois gestores julgados este ano
O ex-prefeito do município de Limoeiro do Norte, José de Oliveira Bandeira (Careca), terá que devolver R$ 421 mil pela não conclusão das obras de um aterro sanitário na cidade.
Já o ex-prefeito de Itatira, Afonso Botelho, foi condenado em dois processos julgados pelo TCU, e terá que devolver recursos à Funasa. No primeiro ele terá que desembolsar R$ 170 mil por não prestar contas do dinheiro recebido e no segundo, o valor é bem maior - R$ 839 mil.
O Tribunal constatou que Botelho não utilizou os recursos para a implantação da rede de abastecimento d'água.
Veja aqui a matéria direto da fonte
Informações: Diário do Nordeste / Reportagem: Marcelo Raulino

Limoeiro vence mais um amistoso no Futsal

Em mais um amistoso, realizado na noite deste sábado (20/06), na cidade de Morada Nova, a seleção de futsal adulto de Limoeiro do Norte enfrentou a equipe da casa, no jogo de volta, conseguiu mais uma vitória.
No comando de Moacir Paiva (treinador) e Neto (auxiliar técnico), Limoeiro fez 5 a 2, com gols de Deirton, Preá, Pichorra, Taé e Janiélio.
Quarta-feira (24/06), a Seleção de Limoeiro viaja para Fortaleza para enfrentar o Ferroviário, dando seqüência aos amistosos preparatórios para o Zonal do 37º Intermunicipal Cearense de Futsal Adulto Masculino 2009.
Colaboração: Rafael Carlos

Caxias campeão da I Copa Bruno Ribeiro de Futebol

A I Copa Bruno Ribeiro de Futebol foi decidida neste sábado (20/06), no estádio Luís Amâncio na comunidade da Gangorra, com o jogo final entre Grêmio do Croatá e Caxias, que sagrou-se campeão nos pênaltis, após empatar no tempo regulamentar por 1 a 1.
Os gols da partida foram convertidos por Miúdo para o Caxias, e Preazinho para o Grêmio. Nas penalidades, o Caxias converteu as cinco cobranças, com Miúdo, Gugu, Tonho, Idevan e Josianio. Para o Grêmio, Vanvan, Antonio Marcos e Leandro converteram, enquanto Júnior perdeu a cobrança.
O Caxias, treinado por Sérgio Murilo, entrou em campo com Célio, Mamá, Jorge, Robinho, Expedito (Josianio), Tonho, Vando, Gugu, Miúdo, Esquerdinha, Branco (Bem-te-vi).
Vice-campeão
No lado do Grêmio do Croatá, entraram em campo Adonias, Paulinho, Vanvan, Antonio Marcos, Samuel, Pirita (Zé Maria), Cabeludo (Paulinho), Daniel (Leandro), Júnior, Cláudio (Mardilson) e Preazinho, tendo como treinador Neném.
Arbitragem
O trio de arbitragem que comandou a partida ficou por conta da família Moura, tendo como árbitro principal Gilliard Moura, e seus assistentes Alice e Cláudio Moura.
Destaques
O capitão Célio, do Caxias, recebeu o troféu de campeão das mãos de Leó Maia, Secretário de Esporte e Juventude, enquanto o capitão do Grêmio do Croatá recebeu troféu de vice do radialista e presidente da LDLN, Cleber Saraiva.
O artilheiro da competição foi Miúdo, com 07 gols, também da equipe do Caxias, que recebeu troféu das mãos do presidente da Liga de Futsal de Limoeiro do Norte, Francisco Francinildo (Chico Velho).
O goleiro menos vazado foi Érico, da equipe do Santa Maria, que fez jus a sua medalha com apenas 03 gols sofridos.
Fonte:.www.tanaarea.net
Reportagem: Paulo Noronha

sábado, 20 de junho de 2009

Limoeiro é campeão da Segundona Cearense 2009

Com três gols de Samy, Limoeiro bate o Crato por 3 a 2 em pleno Mirandão, e conquista o título da Segundona Cearense pela segunda vez em sua história.
Na véspera do aniversário da cidade do Crato, que neste domingo (21/06) comemora 245 anos de emancipação política, o estádio Mirandão estava lotado para prestigiar a partida que decidia o Campeonato Cearense da Segunda Divisão 2009.
Veja como foi a primeira partida da final:
Limoeiro vence Crato por 2 a 0 e fica perto do título
Início do jogo
Para o jogo, o Limoeiro Futebol Clube entrava em campo com os desfalques de Givanildo e Chiquinho. Em compensação, Freitas retornava para comandar meio campo do Jaguar do Vale.
Com a bola rolando, o Limoeiro jogava com o regulamento debaixo do braço, enquanto o Crato pressionava desde o início. Aos 6 min, Timóteo invade a área, ficando frente a frente com o goleiro André, que salva o Limoeiro com uma bela defesa.
Aos 15min, o árbitro da partida Joaquim Websther não marcou uma falta em Paloma, e a bola sobrou para Assinho, que invadiu a área, mas Jaerdes salva no último instante, colocando para escanteio.
Limoeiro não conseguia ter a posse de bola, e somente aos 22min Celinho faz boa jogada, passa por três marcadores e cruza, mas a zaga do Crato corta jogando para escanteio.
O primeiro tempo se resumia em ataque do Crato e o Limoeiro na defesa, quando aos 37min Samy abre o placar de cabeça, após cobrança de escanteio de Lequinha, calando o Mirandão.
Antes do fim da primeira etapa, aos 45min, numa saída de bola errada do Crato, Paloma rouba a bola e lança para Samy, que dá um chapéu no zagueiro, e enche o pé no ângulo, ampliando para o Jaguar do Vale com um golaço.
Segundo Tempo
A exemplo da primeira etapa, o Crato inicia o segundo tempo indo pra cima do Limoeiro em busca da virada. No esboço de uma reação, Assisinho marca para o Azulão do Cariri aos 10min, dando esperanças ao torcedor presente.
Porém aos 32min, Samy recebe na entrada da área, vai pra cima da marcação, limpa o lance e bate no ângulo, sem chances para o goleiro Eufrázio, fazendo o terceiro gol dele na partida. Aos 43min o Crato conseguiu fazer seu segundo gol, com Assisinho escorando um cruzamento rasteiro na pequena área.
Porém a festa da torcida limoeirense estava garantida, com o Limoeiro Futebol Clube conseguindo superar o Crato, que jogava em seus domínios, e levantando o “caneco” da Segundona Cearense 2009, a exemplo de 2001, tornando-se Bicampeão Cearense da Segunda Divisão.
Torcida comemora terceiro título
Este é o terceiro título da Segunda Divisão Cearense comemorado pela torcida limoeirense. Além dos dois títulos do Limoeiro Futebol Clube (2001 e 2009), o Esporte Clube Limoeiro, time que até então representava a cidade, foi campeão do Campeonato Cearense da Segunda Divisão em 1994.
No dia 01 de outubro de 1994, após empatar em 1 a 1 com o Uruburetama no tempo regulamentar, o Cavalo de Aço venceu por 5 a 4 nos pênaltis, conquistando o primeiro título desta competição para Limoeiro do Norte.

Campanha de Vacinação Infantil 2009

O Ministério da Saúde lança em junho a 1ª Fase da Campanha Nacional de Vacinação Infantil.
Pais e responsáveis devem levar crianças com menos de 5 anos aos postos de saúde de sua cidade para se vacinarem contra a paralisia infantil.
A ação acontece neste sábado, dia 20 de junho, em todo o território nacional. Com o slogan “Não dá pra vacilar. Tem que vacinar”, a ação tem o objetivo de manter a erradicação da paralisia infantil no país.
Paralisia Infantil
A paralisia infantil, ou poliomielite, é uma doença infecto-contagiosa aguda transmitida por vírus que age como infecção inaparente ou sob forma paralítica, podendo provocar sequelas permanentes ou até mesmo levar à morte.
Há 20 anos, a poliomielite está erradicada no país e, para que continue assim, a vacinação anual é muito importante.
Segundo o Ministério da Saúde, os postos de saúde estarão abertos no sábado das 8h s 17h, ou a critério das coordenações locais. A segunda etapa da campanha será realizada no dia 22 de agosto.

Mais um titulo para o Vôlei feminino de Limoeiro

A 3ª etapa do festival de voleibol do interior, realizada na cidade de Pereiro de 12 a 14 de junho pela Federação Cearense de Voleibol e Liga de Voleibol do Interior, na modalidade feminina, foi conquistada pela equipe de Limoeiro do Norte. Já o voleibol masculino obteve medalha de bronze no torneio.
Resultados
Limoeiro 2x0 Crateus
Limoeiro 2x1 Quixeré
Limoeiro 2x1 Jaguaribe (Semifinal)
Limoeiro 2x0 Morada Nova (Final)
Informações:.www.tanaarea.net / Reportagem: Paulo Noronha

Arsênio campeão no sub-17 de Futsal

A equipe Arsênio Ferreira Maia foi a Bi-campeã do Intercolegial 2009 no Futsal, na categoria sub-17. O artilheiro da equipe foi Gabriel Nicolas, com 13 gols marcados. O goleiro menos vazado foi Robson.
Campanha: 5 jogos / 5 vitorias / 66 gols pró / 04 gols contra.
Informações:.www.tanaarea.net / Reportagem: Paulo Noronha

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Limoeiro Junino terá R$ 3.500 em prêmios

A diversão já começou, e durante todo o mês em Limoeiro haverá “Arraiá”.
A quinta edição do Limoeiro Junino acontecerá de 25 a 27 de junho e deve manter o status de um dos maiores eventos desse tipo na região jaguaribana. Serão R$ 3.500,00 em prêmios, competidos entre as melhores quadrilhas da região, além de muitas barracas com comidas típicas na quermesse, desfile de carroças e uma decoração multicolorida na Praça José Osterne, com bandas de forró.
O V Limoeiro Junino mantém viva a tradição do gênero, é promovido pela Prefeitura Municipal de Limoeiro do Norte, por meio da Secretaria Municipal da Cultura.
Limoeiro Junino, diversão, cultura e muitas cores em praça pública.
As barracas serão armadas, o forno será aquecido para cozinhar bolo de milho, fubá, macaxeira, e um tanto colorido de guloseimas juninas. Terá as quadrilhas juvenis competitivas, mas uma verdadeira atração à parte é a Quadrilha da Melhor Idade, com brincantes de 60 a até 80 anos dançando e cantando.
Na ala competitiva, é grande a expectativa de grupos como a Quadrilha Filhos do Sertão, simplesmente tetra-campeã do festival e quarta colocada no Campeonato da Federação de Quadrilhas do Ceará. Com o tema “Quermesses e novenas de São João”, o grupo da comunidade de Arraial se prepara para levar o nome de Limoeiro para os principais festivais do Ceará. Outro destaque é a quadrilha Cheiro do Sertão, da comunidade de Quixaba, que venceu o edital dos festejos juninos pelo Governo do Estado do Ceará e, portanto, terá aporte financeiro para sua atividade neste período. O grupo tem o seu lançamento para este ano no dia 11 de junho, na quadra do Colégio Diocesano, no centro da cidade.
Mantendo as tradições populares
O Festival Limoeiro Junino é um entretenimento, mas principalmente um movimento de manutenção das tradições populares, uma preocupação constante da administração municipal. De acordo com o secretário da cultura Renato Remígio, a prefeitura está apoiando todas as manifestações organizadas das comunidades de Limoeiro que participaram na construção do projeto Limoeiro Junino, o que inclui outros grupos, como a “Turma do Beijo”, da localidade de Sucupira, o grupo do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), o Arraial da Melhor Idade, em parceria com o Corpo de Bombeiros, e o festival junino na comunidade de Pitombeira.
Conforme a Secretaria da Cultura, serão distribuídos R$ 3.500,00 em prêmios (R$ 1.500 para o 1º colocado, R$ 1.000 para o 2º, e R$ 500 para o 3º lugar), além de troféus para o melhor casal de noivos, melhor rainha, melhor casamento e o melhor marcador. A melhor carroça a participar do cortejo ganhará R$ 500. A festa tradicional acontece na Praça José Osterne, em frente à igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição.
Mais informações
Secretaria da Cultura e do Turismo de Limoeiro do Norte
(88) 3423-1965
Fonte:.www.limoeirodonorte.ce.gov.br / Foto: Melquíades Júnior

No Futsal, Limoeiro vence Quixeré por 5x3

Em amistoso realizado na cidade de Quixeré, na noite desta quinta-feira (18/06), a Seleção de Futsal de Limoeiro do Norte venceu a equipe do Aliança pelo placar de 5 a 3.
Todos os gols da partida foram marcados no segundo tempo, sendo que para o Limoeiro marcaram: Fábio (2 gols), Darllyel, Preá e Deirton.
Dando seqüência aos amistosos preparatórios para o 37º Intermunicipal Cearense de Futsal Masculino, a seleção limoeirense vai até Morada Nova, neste sábado (20/06), onde enfrentará a equipe da casa.
Colaboração: Rafael Carlos

Cardeal do CE celebra 60 anos de sacerdócio

Único cardeal cearense, dom José Freire Falcão comemora data em Limoeiro do Norte.
Um dos religiosos católicos mais conceituados do Brasil, cearense do Vale do Jaguaribe, volta à região onde nasceu para celebrar 60 anos desde que abraçou a vida religiosa como sacerdote. Após ser homenageado ontem à noite em Brasília, onde foi arcebispo metropolitano, dom José Freire Falcão, de 84 anos, um dos oito cardeais do Brasil, celebra missa nesta sexta-feira (19/06) em Limoeiro do Norte, mesmo lugar onde, 60 anos antes, ordenou-se padre.
O atual arcebispo metropolitano de Brasília, dom João Braz de Aviz, além de outras autoridades eclesiásticas estarão na cidade para a celebração. Após missa, será descerrada placa em alusão aos 60 anos de sacerdócio e um jantar reservado no palácio episcopal de Limoeiro do Norte.
Dom Falcão foi um dos quatro cardeais brasileiros que participaram do conclave para a escolha do sucessor do papa João Paulo II, o que lhe deu o direito tanto de escolher como de ser escolhido papa. Na ocasião, em 2005, foi eleito o cardeal alemão Joseph Ratzinger, atual papa Bento XVI.
Único cardeal cearense, dom Falcão foi sagrado pelo papa João Paulo II. Ele nasceu em 23 de outubro de 1925 no pequeno município de Ererê, no Vale do Jaguaribe. Aos 23 anos de idade, no dia 19 de junho de 1949, ordenou-se padre em Limoeiro do Norte.
O sacerdote estudou no Seminário da Prainha, em Fortaleza, entre os anos de 1949 e 1967. Na Diocese de Limoeiro do Norte, trabalhou pastoralmente. Na época, foi vice-diretor do Liceu Diocesano, membro da faculdade de seu seminário menor e outras instituições educativas, além de assistente eclesiástico da Ação Católica. Em 1967, foi eleito bispo titular da Vardimissa e nomeado coadjutor, com direito a sucessão, de Limoeiro do Norte. Foi consagrado, em 17 de junho, por dom José de Medeiros Magro, arcebispo de Fortaleza. Cinco anos depois, foi promovido à Sé metropolitana de Teresina, Piauí.
Assumiu a Sé metropolitana de Brasília em 15 de fevereiro de 1984. Eleito segundo vice-presidente do Conselho Episcopal Latino-americano. Em 1988, foi eleito cardeal presbítero, no dia 28 de junho, recebendo a barrete vermelha e título de S. Luza a Via Prenestina. Dom Falcão é renomado membro do Conselho de Cardeais para o Estudo dos Problemas Organizativos e Econômicos da Santa Sé desde 1993.
Ainda no ano de 1988, dom Falcão foi agraciado com o Troféu Sereia de Ouro, outorgado pelo Sistema Verdes Mares (SVM) pelos relevantes trabalhos prestados ao Estado do Ceará, ao lado do industrial Carlos Pereira, da poetisa e teatróloga Nadir Papi Saboya e do cantor e compositor Raimundo Fagner. O cardeal cearense é visto por seus amigos e religiosos uma das autoridades católicas mais bem preparadas e capacitadas para o trabalho sacerdotal. Arcebispo emérito (aposentado) e que foi candidato brasileiro à sucessão papal, José Freire Falcão reencontra a comunidade em que celebrou missa por quase duas décadas. Virá com uma comitiva de aproximadamente 20 pessoas e será recebido por dezenas de pastorais do Ceará, anfitrionado pelo bispo da Diocese de Limoeiro, dom José Haring. Após a missa que será celebrada pelo próprio homenageado, às 19h, na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Imaculada Conceição.
Mais informações:
Diocese Católica de Limoeiro do Norte
(88) 3423.1171/ 1364
Fonte: Diário do Nordeste / Reportagem: Melquíades Júnior / Foto: Felipe Abud

Professores decidem pela manutenção da greve

Os professores realizaram na última quarta-feira (17/06) uma Assembléia Regional da categoria em Limoeiro, na EEM Lauro Rebouças de Oliveira, com participação de professores de Flores e Quixeré, após tomarem conhecimento confirmação da continuidade da greve pela Assembléia em Fortaleza.
Os professores deliberaram mais uma vez, pela manutenção da greve em Limoeiro do Norte, já confirmada em Flores e em Quixeré. Após os informes e discussões, foi bastante questionada a postura e políticas das direções sindicais do Sindiute e Apeoc sobretudo, da Apeoc, que informou que não mais assumiria a greve (oficialmente), o que para os professores evidencia uma postura de descompromisso frente à categoria.
Ao tempo que foi colocado que daria continuidade aos encaminhamentos jurídicos em curso, sendo colocada a necessidade de se ter maiores esclarecimentos por parte destas direções. Ao final, foi encaminhado um calendário para os dias que se seguem:
Sexta-feira, 19/06
10:00h - Quixeré - Participação dos professores do estado em atividades dos servidores municipais. Saída: 09:30h, do Colégio Lauro Rebouças.
14:00h - Assembléia Extraordinária dos professores estaduais, com a presença de representante da Apeoc - EEM Lauro Rebouças de Oliveira, Limoeiro do Norte.
(Obs.: Sobre essa atividade, esclarece-se junto a todos os presentes, que por ocasião da discussão já citada, em torno da política das direções sindicais, duas professoras da Escola Arsênio Ferreira Maia, afiliadas à Apeoc, pediram autorização à Assembléia para se retirarem e se dirigirem à Sede desta em Limoeiro e solicitaram a vinda de um diretor deste sindicato para prestar esclarecimentos junto à categoria. Somente foi informado desta, após o término da Assembléia, E diante do atual momento que vivencia a greve, considera-se de extrema importância a presença de todos).
Sábado, 20/06
9:00h - Assembléia dos Servidores Municipais de Limoeiro na Sede do SINTSEM para discussão e filiação deste à Conlutas, com a participação do professor Fábio José de C. Queiróz (URCA) e da Professora Ana Hérica F. Brasil, da Conlutas pela Base Educação (Fortaleza), com informes mais detalhados sobre a greve na capital e outras questões de interesse da categoria.
Segunda-feira, 22/06
8:00h - Assembléia Regional na EEM Lauro Rebouças de Oliveira em Limoeiro do Norte, com representante do Sindiute e estudo de texto.
Informações: Notícias do Vale / Foto: Mário Oliveira

Alimentos vão beneficiar vítimas da enchente

A Coelce entrega, nesta sexta-feira (19/06), 3,5 toneladas de alimentos às vítimas das enchentes da região de Limoeiro do Norte. A entrega acontece às 10h, no Corpo de Bombeiros da cidade.
Serão beneficiadas as cidades de Alto Santo, Aracati, Ererê, Fortim, Ibicuitinga, Icapuí, Iracema, Itaiçaba, Jaguaretama, Jaguaribe, Jaguaruana, Limoeiro do Norte, Morada Nova, Nova Jaguaribara, Palhano, Pereiro, Potiretama, Quixeré, Russas, São João do Jaguaribe e Tabuleiro do Norte.
Informações: Diário do Nordeste

Mulher limoeirense presa com drogas em Fortaleza

A mulher identificada como Natália Maia da Silva, 24 anos, de Limoeiro do Norte, foi flagrada nesta quarta-feira (17/06) na Rodoviária Engenheiro João Thomé, em Fortaleza, levando três quilos de crack.
Ela estava voltando para a cidade e disse à Polícia que veio para Fortaleza buscar uma encomenda, mas não sabia de que se tratava. A mesma foi conduzida a Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE-PF). Informações: OPOVO.com.br, com informações do repórter Flávio Pinto
Rodoviária de Fortaleza
Seu nome oficial é Terminal Rodoviário Engenheiro João Thomé, construído em 1973. O edifício está bem organizado, com fácil acesso, ele é mantido relativamente limpo.
A média diária é de mais de 8000 passageiros. Tem 35 empresas e aproximadamente 200 linhas de ônibus circulando o diariamente. A Rodoviária está a cerca de 1,5 quilômetros de distância do aeroporto de Fortaleza, e a aproximadamente 15 km da Praia de Iracema.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Escola Normal se destaca nos esportes

A equipe de Basquete Masculino sub-15 da Escola Normal Rural de Limoeiro do Norte, treinada por Liana Cristina de Oliveira, sagrou-se campeã dos circuitos do interior, realizados pela Federação Cearense em Limoeiro, Morada Nova e Sobral.
A equipe chamou a atenção do técnico da Seleção Cearense e da Seleção Brasileira, Daniel Russso, que veio a Limoeiro do Norte dar um treino à equipe durante um final de semana para conhecer melhor os atletas.
Vôlei
No Vôlei Feminino, a Escola Normal comandada pelo treinador Raimundo Araujo (Duim), sagrou-se campeã da modalidade no Intercol 2009 de Limoeiro do Norte, organizado pela Secretaria de Esporte e Juventude do município.
Informações: .www.tanaarea.net / Reportagens e Fotos: Paulo Noronha

Limoeiro vence Crato por 2 a 0 e fica perto do título

Para ficar com o título, o Limoeiro FC precisa apenas de um empate no jogo de volta. A missão do Crato é vencer, por qualquer placar, para levar a decisão aos pênaltis.
Mesmo sem jogar bem, o Limoeiro deu um passo importante para levantar o “caneco” de Segundona Cearense 2009. Sabendo da importância de vencer em casa, a postura do Limoeiro foi de ir para do Crato logo no início da partida. Mesmo pressionando, Assisinho se destacava nos contra-ataques, armando boas jogadas do Crato, e levando perigo ao gol do Limoeiro.
Em uma jogada individual pela esquerda, Chiquinho vai a linha de fundo, dribla a zaga, e rola a bola para Celinho, sozinho, errar o chute. Aos 10min Lequinha bate escanteio e o zagueiro do Crato desvia para dentro da meta, fazendo o primeiro gol do Limoeiro.
Passada a pressão inicial e o gol do Limoeiro, o jogo ficou mais equilibrado. Se os donos da casa chegavam com perigo, os visitantes respondiam no lance seguinte. Com os desfalques de Freitas, Givanildo e Marcelo, o meio-de-campo do Limoeiro não fez uma boa partida, com chutões, e muitos erros de passe.
A exemplo do Crato na partida anterior, no primeiro lance do segundo tempo o Limoeiro marca, depois de uma boa arrancada de Samy que chutou e Paloma deviou para o gol. Mas o bandeirinha marcou impedimento no lance.
O jogo seguia morno, quando aos 36min Celinho aproveitou um lançamento na área e, de primeira, faz o segundo gol do Jaguar do Vale, dando uma certa tranqüilidade a equipe limoeirense e selando a importante vitória na primeira partida da final.
Charge
As sugestões para novas charges podem ser enviadas para o e-mail:
limoeiroblog@hotmail.com
Jogo de volta
O Jaguar do Vale tem pela frente o desafio de decidir o título fora de casa. Já o Azulão do Cariri, atuando diante de sua torcida, necessita de uma simples vitória para levar a decisão para os pênaltis.
De acordo com o regulamento, o saldo de gols não se aplica como critério de desempate nos jogos finais da Segundona 2009. Diante disso, uma vitória do Crato, por qualquer placar, leva a decisão para os pênaltis, e o empate dá o título ao Jaguar do Vale.
No próximo sábado (20/06) às 16:00hs, ainda em clima de decisão, Limoeiro e Crato entram em campo para o jogo de volta da grande final da Segundona 2009, no estádio Mirandão.
Arbitragem
No apito, Cleuton Lima deixou a torcida limoeirense revoltada com sua atuação, invertendo faltas, e principalmente quando deixou de expulsar o goleiro Eufrásio, do Crato.
O lance se deu em um contra-ataque do Limoeiro, onde Paloma recebeu um lançamento e driblou o goleiro, que fez falta no atacante limoeirense. Sendo Eufrásio o último homem da defesa, o cartão amarelo ficou barato.

Rio Jaguaribe vai ser revitalizado

Prefeito de Limoeiro anunciou a criação de autarquia que se responsabilizará pelas concessões ambientais.
Um rio, muitos problemas, muitas idéias, e dessa vez as três esferas governamentais se dizem empenhadas em solucionar os problemas de degradação ambiental do Rio Jaguaribe, o maior do Ceará. O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, participou, ontem à tarde, do lançamento do Movimento dos Povos do Rio Jaguaribe, e disse que a pasta do meio ambiente não é só da Amazônia.
Danos ambientais: projeto prevê a recuperação da mata ciliar do Rio Jaguaribe.
A visita aconteceu na Rua Inácio Mendes, nas margens do Rio Jaguaribe, em Limoeiro. De um lado, uma pequena tenda para receber as autoridades, do outro, um rio com vários entulhos, desde a construção civil a lixo doméstico. O ministro veio a Limoeiro do Norte a convite do vice-governador Francisco Pinheiro, natural de Jaguaribe, 100 km distantes dali e cortado pelo rio, que se estende por cerca de 670 km.
Uma das principais medidas é a recuperação da mata ciliar. O prefeito João Dilmar anunciou a criação de uma autarquia municipal do meio ambiente, que se responsabilizará pelas concessões ambientais no município. “De uma forma rigorosa, para preservar o nosso Rio Jaguaribe”, afirmou.
Segundo Minc, o presidente da República destinará R$ 450 milhões do Fundo de Mudanças Climáticas – que ainda precisa de aprovação no Congresso Nacional – para a recuperação dos rios e das matas ciliares dos mananciais e reflorestamento dos corredores de biodiversidade. A visita do Ministro deverá, de acordo com o vice-governador Pinheiro, incluir o manancial nesses e outros recursos advindos da pasta do Meio Ambiente.
Recursos
O ministro Carlos Minc disse, em coletiva, que o apoio à recuperação do Rio Jaguaribe deve se dar principalmente por meio da Agência Nacional das Águas (ANA), da Secretaria Nacional dos Recursos Hídricos e por meio da coordenação da agricultura sustentável, extrativismo e combate à desertificação.
Noutro ponto, o ministro disse que serão dobrados os recursos federais para saneamento ambiental, por meio do lançamento de um plano decenal de saneamento, que deverá incluir o Rio Jaguaribe.
“Antes, o meio ambiente estava fora do saneamento e não tinha sentido, pois o esgoto é a pior fonte de poluição dos rios e lagos”, frisou, para encerrar sua visita com um “saudações ecológicas e libertárias”.
Informações: Diário do Nordeste / Reportagem e Foto: Melquíades Júnior

Dança é “esporte” preferido dos jovens

Temporada aberta para os festejos juninos que concorrem aos campeonatos estadual, regional e nacional.
Mais do que a competição, os festivais de quadrilhas juninas representam um dos principais momentos de articulação cultural dos jovens do Interior. Depois do futebol, dançar quadrilha é o “esporte” preferido da juventude, a maioria das comunidades da zona rural.
Logo no início do ano, após definido o tema da quadrilha, começam os ensaios, procuram-se costureiras da própria comunidade – que ganham uma renda extra – e se preparam para entrar em ônibus ou subir em paus-de-arara rumo aos festivais de quadrilha, e por todo o percurso cantando, passando na mente os passos e aquecendo a alegria e sorriso, elementos essenciais de um bom quadrilheiro junino.
Praticamente todas as cidades do Interior estarão realizando festejos juninos, mesmo quem não foi selecionado como cidade-sede da etapa regional de quadrilhas.
Em Limoeiro do Norte, a quinta edição do Limoeiro Junino acontecerá de 25 a 27 de junho e deve manter o “status” de um dos maiores eventos desse tipo na região jaguaribana. Serão R$ 3.500,00 em prêmios, competidos entre as melhores quadrilhas da região, além de muitas barracas com comidas típicas na quermesse, desfile de carroças e uma decoração multicolorida na Praça José Osterne, com bandas de forró. O evento é promovido pela Prefeitura Municipal de Limoeiro, por meio da Secretaria Municipal da Cultura.
Grupo especial
Outro arraial também acontecerá nos dias 20 e 21 (sábado e domingo) com a realização do V Russas Junino e o 17º Festival de Quadrilhas. O evento acontecerá na AACR a partir das 19h. Participarão, no primeiro dia, as quadrilhas do grupo de acesso: Arraiá do Planalto, Arraiá Mandacaru, Girassol do Sertão, Arraiá da Paz e Arrasta Pé. No grupo especial, apresentam-se Flor do Sertão, Flor do Mamulengo, Benjamin Constant e Arraiá do Meu Sertão. No domingo, além da participação da campeã e da vice do grupo especial, devem disputar o título do festival as quadrilhas juninas convidadas de outros municípios do Vale do Jaguaribe e regiões vizinhas.
Uma atração à parte nos festivais juninos são as quermesses, com várias barracas vendendo principalmente as comidas típicas, notadamente os derivados de milho. Mas tem espaço para paçoca, vatapá, pé-de-moleque e o famoso aluá. As comidas típicas deste período ganham maior “preciosismo” porque embaladas com triângulo, zabumba e sanfona.
XI Ceará Junino
A estação cultural mais típica do Nordeste acontece mesmo nos meses de junho e julho. E com maior volume de recursos financeiros para as quadrilhas municipais, sediando o maior evento junino do Nordeste e com maior número de representantes, o Ceará é destaque em todas as etapas do maior festival de quadrilhas. O XI Ceará Junino engloba os campeonatos estadual, nordestino e nacional de quadrilhas. Com recursos de R$ 2,1 milhões, as festividades nas 15 cidades-sede do Interior têm início ainda neste mês, juntamente com o São João do Nordeste, festival nordestino de quadrilhas juninas promovido pela Rede Globo e com parceria do Sistema Verdes Mares.
Este ano, além das 20 festas regionais apoiadas por todo o Ceará, são 58 grupos de quadrilhas com os projetos aprovados via edital, cada um recebendo R$ 10 mil, o que ajudará na estrutura de figurino e montagem dos espetáculos. Ao todo, são R$ 900 mil para todos os projetos. É o maior recurso já disponibilizado para esse tipo de apoio no Estado.
É o caso do projeto “Literatura de Cordel – símbolo do homem, inspiração do céu”, inscrito por Romário Moura da Silva, do grupo Cheiro do Sertão, de Limoeiro do Norte; ou do projeto “São Saruê ou Siti-ará – a cultura é o sonho e o sonho é peregrino”, da Associação Cultural Estrela Branca, da cidade de Hidrolândia. Fortaleza concentra a maior parte dos projetos aprovados (40), sendo 18 o número de municípios com grupos selecionados por edital.
FIQUE POR DENTRO
Saiba que cidades vão sediar o Ceará Juninos
Para realização do XI Ceará Junino são apoiadas 20 festas regionais, selecionadas por edital com um recurso de R$ 16.000,00 (cada evento). Os 15 municípios do Interior que sediarão parte das etapas regionais são: Barbalha, Itaitinga, Assaré, Boa Viagem, Morrinhos, Flecheirinha, Apuarés, Alto Santo, Beberibe, Cedro, Senador Pompeu, Meruoca, Pacoti, Ipaporanga e Tauá. Outras cinco festas regionais serão realizadas em Fortaleza, com os principais grupos da Região Metropolitana. Com os eventos regionais somados ao apoio a 58 projetos aprovados de quadrilhas juninas, o Governo do Estado disponibiliza R$ 2,1 milhões. O São João do Nordeste será transmitido pela TV Globo e TV Verdes Mares para todo o Brasil no dia 27 de junho.
Informações: Diário do Nordeste / Reportagem e Fotos: Melquíades Júnior

Dom Falcão comemora 60 anos de sacerdócio

Nesta sexta-feira (19/06), Dom Falcão volta a Limoeiro do Norte, cidade onde ordenou-se.
Dom José Freire Falcão vai festejar os 60 anos de sacerdócio em Limoeiro do Norte, no próximo dia 19 de junho. O único cardeal cearense, sagrado pelo papa João Paulo II, é filho de Ererê, mas ordenou-se padre, em 1949, em Limoeiro do Norte. Ele foi arcebispo de Teresina e arcebispo metropolitano de Brasília. Entre as homenagens que recebeu, está a Sereia de Ouro, que lhe foi outorgada pelo Sistema Verdes Mares.
O cardeal dom José Freire Falcão, de Brasília, recebe uma homenagem pelos 60 anos de sacerdote com missa às 19 horas, na Igreja de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, catedral do município. Uma missa solene já foi realizada em Brasília. Antes de Limoeiro, na quinta-feira (18 de junho), às 10 horas, uma missa no Seminário da Prainha, em Fortaleza, onde ele estudou.
SAIBA MAIS
Dom Falcão nasceu em 23 de outubro de 1925, em Ererê-CE, diocese de Limoeiro do Norte-CE. Estudou no Seminário da Prainha, em Fortaleza. Ordenado sacerdote aos 19 de junho de 1949, em Limoeiro do Norte. Consecutivamente, de 1949 a 1967, na diocese de Limoeiro do Norte, trabalhou pastoralmente; foi vice-diretor do Liceu Diocesano; membro da faculdade de seu Seminário menor e outras instituições educativas; e assistente eclesiástico da Ação Católica.
Eleito Bispo titular da Vardimissa e nomeado coadjutor, com direito a sucessão, de Limoeiro do Norte, em 24 de abril de 1967.
Consagrado, em 17 de junho de 1967, por José de Medeiros Magro, Arcebispo de Fortaleza-CE. Transladado à Sé de Limoeiro do Norte, em 19 de agosto de 1967. Assistiu a II Conferência Geral do Episcopado Latino-americano, em Medellín, Colômbia, de 24 de agosto aos 6 de setembro de 1968. Promovido à Sé metropolitana de Teresina-PI, em 25 de novembro de 1971. Assistiu a III Conferência Geral do Episcopado Latino-americano, em Povoa, México, de 27 de janeiro a 13 de fevereiro de 1979; a VI Assembléia Ordinária do Sínodo dos Bispos, em Cidade do Vaticano, de 29 de setembro a 28 de outubro de 1983. Transladado à Sé metropolitana da Brasília, em 15 de fevereiro de 1984. Eleito segundo vice-presidente do Conselho Episcopal Latino-americano.
Criado Cardeal presbítero, em 28 de junho de 1988; recebeu a barrete vermelha e título de S. Luza a Via Prenestina, em 28 de junho de 1988. Assistiu a VIII Assembléia Ordinária do Sínodo dos Bispos, em Cidade do Vaticano, de 30 de setembro a 28 de outubro de 1990; a IV Conferência Geral do Episcopado Latino-americano, em Santo Domingo, República Dominicana, do 12 a 28 de outubro de 1992. Renomado membro do Conselho de Cardeais para o Estudo dos Problemas Organizativos e Econômicos da Santa Sé, em 2 de dezembro de 1993. Assistiu à Assembléia Especial para a América de Sínodo dos Bispos, em Cidade do Vaticano, de 16 de novembro aos 12 de dezembro de 1997.
Informações: .www.limoeirodonorte.ce.gov.br

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Segundona Cearense tem arbitragem e datas definidas para os jogos finais

O torcedor limoeirense está no clima da decisão para a primeira partida da final da Segundona Cearense 2009, entre Limoeiro x Crato.
Em nota oficial, a Diretoria da Federeção Cearense de Futebol (FCF) definiu as datas dos jogos finais do Campeonato Cearense de Futebol Profissional da Segunda Divisão de 2009.
A Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol (CEAF-CE) determinou através de sorteio os árbitros e assistentes que vão trabalhar nas duas partidas que definem o Campeonato Cearense da Segunda Divisão 2009.
Dia 17.06.09, Quarta-feira – 19:00hs
LIMOEIRO X CRATO
Local: BANDEIRÃO
Árbitro: Cleuton Lima
Assistente 1: Armando Lopes
Assistente 2: Marcos Xavier
4º Árbitro: Hurgon Mota
Dia 20.06.09, Sábado – 16:00hs
CRATO X LIMOEIRO
Local: MIRANDÃO
Árbitro: Joãquim Websther
Assistente 1: Marcos Brígido
Assistente 2: Antônio Álber
4º Árbitro: Marcelo Rottoli
A única vantagem do Crato, primeiro colocado no hexagonal, é decidir em casa. Em caso de resultados iguais não haverá prorrogação após a segunda partida, e as equipes decidirão o título diretamente nos pênaltis.

Governos se unem em defesa do Rio Jaguaribe

Um dia o Rio Jaguaribe foi o maior rio seco do mundo, mas foi lembrado pelas águas, que hoje correm em quase toda sua extensão, provocando até cheias. Passadas décadas de degradação ambiental, finalmente hoje o Rio Jaguaribe recebe o apoio do Estado e da União.
Nesse rio de mato, lixo e areia, tudo passa. Até água. Um dia foi o maior rio seco do mundo, mas foi lembrado pelas águas, que hoje correm em quase toda sua extensão. Mas continua degradado, assoreado e “mutilado”’, esperando ser lembrado pelo ser humano.
A agonia do principal rio do Ceará, de onde nascem as principais reservas hídricas que abastecem o Estado, ganha eco e ressonância. O dia de hoje entra para a história. O discurso isolado dos defensores nos 21 municípios de sua bacia é, pela primeira vez, unido e amplificado. O Rio Jaguaribe, ou “rio das onças”, não tem mais esse bicho do mato, mas tem história, tem pessoas, e agora tem mais chances de reviver, com a união do Movimento dos Povos do Rio Jaguaribe, que será lançado, nesta quarta-feira (17/06) à tarde, em Limoeiro do Norte, pelo vice-governador Francisco Pinheiro e o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc.
Em cada município por onde o rio passa, são encontradas diferentes paisagens: carnaubeira, nas suas margens típicas, pés de oiticica, pássaros em seus galhos, o homem em pé na beira da ponte tentando pescar algum peixe distraído, a lavadeira terminando de enxaguar numa pedra as roupas de casa e das famílias mais abastadas, em busca de trocados. Em alguns pontos, como em Morada Nova, é frágil; noutros, como Fortim, é forte e imponente. Mas o que se precisa saber é que carnaubeiras, oiticicas, juazeiros, jucás, mutambeiras e canafístulas são vegetais hoje raros nas ribeiras; que mal sabe a lavadeira que, sem uma lavanderia pública, também está poluindo as águas com sabão, assim como dezenas de casas que, em Limoeiro, tem no rio não só o próprio quintal como o lixão particular.
Primeiras ocupações
O Rio Jaguaribe nasce no alto da Serra da Joaninha, em Tauá, e deságua no Oceano Atlântico em Fortim, no Litoral Leste. De um ponto a outro tem percorrido cerca de 670km em metade do território cearense. Nos anos 1700 teve suas terras divididas em sesmarias, ou seja, roubados os espaços dos índios da região — historicamente é nas margens dos rios que se dá o curso principal das primeiras ocupações dos espaços. Ali foram expulsos ou mesmo exterminados os índios tapuias, canindés, icós, janduins, cariris, piacus, cariús e jucás.
Para além disso, havia outras dezenas de povos indígenas que tiveram na beira do Jaguaribe o cenário de extermínio em várias batalhas da famosa e ingloriosa Guerra dos Bárbaros (1650-1720), o maior levante dos povos indígenas contra a colonização do sertão nordeste do Brasil.
Cerca de quatro séculos após o extermínio, colonização e sucessivas ocupações econômicas (agricultura e pecuária), o rio que proporcionou a habitação civilizatória ainda é o mesmo que assegura o abastecimento. São dele os dois maiores açudes do Ceará, o Orós e o Castanhão, que ainda levará água para toda a Região Metropolitana de Fortaleza e evitará colapso no abastecimento, tamanha é a relevância do “rio das onças”. As águas das chuvas deste ano empanzinaram o leito, mas esconderam temporariamente uma realidade: um rio assoreado, com bancos de terra em seu leito, tornando-se mais largo e raso, com a “ajuda” das margens destruídas pela ação do homem, que crava estacas de ferro e cimento para sua moradia e é responsável pelos entulhos que, boiando ou afundando, poluem.
“Onde estava o jaguaribano que não compreendeu o que estava acontecendo? Por que cruzaram os braços, por que me viraram as costas, por que perderam o respeito pela vida? Afinal onde está o homem? Onde estão as mulheres? Onde estão os jovens? As crianças? Nas escolas, nas faculdades? Nos campos irrigados, nas indústrias, nos supermercados? No comércio, nos bares, nas feiras? Nas ruas, nas praças, nos campos de futebol? Nas instituições bancárias, nos mercados, nas construções? Nas igrejas, nas festas? Nas emissoras de rádios? Nas câmaras municipais, nas prefeituras, nos tribunais, nos fóruns? E o que fazem? O que pensam?”, afirma a professora Iolanda Freitas de Castro, do Comitê de Defesa do Rio Jaguaribe em Limoeiro.
É um dos vários comitês que estão sendo criados na Região pelo S.O.S. Jaguaribe, idealizados pelos jornalistas Ivonete Maia e Moacir Maia, e que hoje é uma realidade muito mais ampla com o Movimento dos Povos Unidos, lançado pelo vice-governador, e professor, Francisco Pinheiro, natural do município de Jaguaribe.
Obras de dragagem para retirada de entulhos no Rio Jaguaribe buscaram minimizar os efeitos das cheias.
“O rio sofre com vários problemas, mas eu destaco o assoreamento e a poluição. Existe uma proposta, ainda não formatada em projeto, que é para a recomposição das matas ciliares, e com o movimento dos povos do rio vamos discutir e amadurecer essa idéia, outra questão é a poluição do esgotamento sanitário, mas o governo já está apoiando a construção de aterros sanitários consorciados. Mas também sofre com a poluição por agrotóxicos e é preciso sensibilidade para tratar disso”, afirma o vice-governador do Estado, que se diz angustiado ao saber que o rio hoje não é o mesmo da infância.
Na visita do ministro do meio ambiente Carlos Minc, o vice-governador vai pedir que a pasta federal contemple as ações de preservação do rio em seus recursos financeiros, incluindo-o nos projetos ambientais. Eles estarão reunidos com a sociedade e autoridades locais, na beira do Rio Jaguaribe, no “estacionamento das carroças”, em Limoeiro do Norte, logo mais às 14h30, com apresentações culturais e também o lançamento de um portal na internet para divulgar e articular as ações em prol do rio.
O Jaguaribe é a lua inspiradora dos poetas jaguaribanos. “Meu rio é como se fosse”, diz em verso o Padre Assis Pitombeira, de Limoeiro, continuado na voz de Eugênio Leandro: “rio sem meias palavras/de fúrias napoleônicas. Sangrou, chorou em Orós, saltou cercas em Jaguaribe/ rugiu no Castanhão, acuou em Tabuleiro. Espreguiçou-se nas águas dos espinhos de Limoeiro, até se espalhar nas baixas do Aracati”. “Era solto como um folgoso alazão, conhecia o mar revolto e a revolta do sertão”, lembra o poeta Luciano Maia.
FIQUE POR DENTRO
Movimento quer monitorar resíduos
A bacia hidrográfica do Jaguaribe compreende uma área de 80.547 km², em 55% do Estado, abrangendo 81 municípios (embora só atravesse 21 deles). É constituído das sub-bacias do Banabuiú, Baixo Jaguaribe, Alto Jaguaribe, Médio Jaguaribe e Rio Salgado. Neles estão os açudes Trussu, Orós e Castanhão, com quase 50% da reserva da água do Estado. O Movimento dos Povos do Rio Jaguaribe tem como principais diretrizes acompanhar a destinação dos recursos para as ações na Bacia do Rio Jaguaribe; propor a execução de planos e projetos, participar com outras instituições afins nas políticas ambientais e promover fóruns municipais como instrumento de mobilização. O portal que será colocado na internet será a rede social a envolver o rio, que na região já conta com o apoio de alguns segmentos.
PESQUISAS ACADÊMICAS
Estudos revelam degradação
Limoeiro do Norte. A natureza é reflexo daquilo que o ser humano faz com ela e consigo próprio. Onde há destruição ambiental há, também, degradação social, econômica e política. E não é frase de efeito, é comprovação de estudos acadêmicos, de pesquisadores preocupados em entender o que se passa no rio onde tudo passa - além de água.
Alunos e professores da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade Estadual do Ceará (Uece, por meio do campus de Limoeiro do Norte) aproveitam dados subutilizados dos institutos de pesquisa e, junto aos próprios levantamentos, produzem trabalhos de graduação, mestrado e doutorado discutindo os dilemas nas áreas ribeirinhas, que estão saindo das prateleiras acadêmicas e se transformando nos maiores estudos socioambientais no Ceará do início do século XXI. Estudos das pesquisadoras Patrícia Verônica, Francisca Daniele, Maria Irles e Nájila Rejane, da UFC, sintetizados no artigo intitulado “A propensão à degradação ambiental na mesorregião de Jaguaribe”, a partir da leitura de dados secundários do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), apontaram Morada Nova, Russas e Limoeiro do Norte, nesta ordem, como os de maior índice de propensão à degradação geral (juntando os critérios sociais, ambientais e econômicos); sendo Fortim, Quixeré e Limoeiro mais propensos à degradação social; Pereiro, Morada Nova e Palhano à degradação ambiental; e Russas, Morada Nova e Limoeiro do Norte mais propensos à degradação econômica.
Também estão em campo pesquisadores da UFC, com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), tratando da história da formação social do Rio Jaguaribe, com a coordenação dos professores Eurípedes Funes, Adelaide Gonçalves e Kênia Rios, do Departamento de História. “Estamos há um ano concentrando estudos dentro da relação natureza e cultura, que vai desde o processo da história do rio, passando pela ocupação do vale inteiro. Visitamos vários segmentos do rio, conversamos com pessoas que vivem em seu entorno, e ao mesmo tempo atentos à história de nascimento do Jaguaribe”, comenta Eurípedes, lembrando a importância de trabalhos desenvolvidos por outros pesquisadores na Faculdade Dom Aureliano Matos (Fafidam). “O movimento ajudará na interação dos estudos”.
Fonte: Diário do Nordeste / Reportagem e Fotos: Melquíades Júnior

Estouro de fossas preocupa Limoeiro

Em apenas 10% do município de Limoeiro do Norte há saneamento básico. O problema foi exposto pelos temporais deste ano. Mesmo com a trégua das chuvas e o tempo de sol retornando aos poucos, 408 fossas estão desafiando a Saúde do município.
No alto da Chapada do Apodi, na comunidade de Cabeça Preta, em Limoeiro do Norte, ninguém esperava que as enchentes de 2009 causassem dores de cabeça além do previsível. Mesmo depois dos temporais e o alento das chuvas esparsas, nenhum gestor municipal ou morador da serra e de mais cinco localidades imaginava que um equipamento, construído no quintal, se transformaria em um “inimigo”. Lembradas apenas em épocas de “estouro”, quando o odor invade a casa pela cozinha, 408 fossas sépticas viraram o principal “atoleiro” da Coordenadoria de Defesa Civil de Limoeiro.
Em Cabeça Preta, a costureira aposentada Maria de Lurdes Santos, 64, e mais 204 famílias (cinco ainda estão em dois abrigos) foram obrigadas a interditar os quintais das casas para poder voltar após a inundação “histórica” de um trecho da serra do Apodi. As águas baixaram, mas as fossas transbordaram com os temporais de 2009.
Na serra, conta o capitão Osmar Nogueira de Oliveira, coordenador da Defesa Civil de Limoeiro do Norte, mesmo com a volta mais frequente dos dias de sol, a evaporação não consegue “desbrejar” a terra na comunidade de Cabeça Preta.
A explicação encontrada pelo executivo para justificar o fenômeno recai sobre a ocorrência de calcário no solo de lá. “Daí o impermeável e a retenção do que não presta”, observa.
Mas, descendo a serra, a constatação é de que a dor de cabeça e o mau cheiro alcançam outros lugares além da casa de dona Maria de Lurdes e de seus vizinhos. É que Limoeiro do Norte, um dos municípios mais importantes da região do Jaguaribe, com 53 mil habitantes, só possui 10% de área saneada. Situação que deixa vulnerável a saúde pública, segundo avaliação do capitão Osmar Nogueira.
A fragilidade do município na área de saneamento veio à tona com as cheias do Jaguaribe. Pior do que sair com o pires na mão para conseguir dinheiro para reconstruir seis casas destruídas pelas águas e refazer caminhos foi constatar que apenas um carro limpa-fossa faz o serviço de esgotamento do município, que tem uma área de 751 km² (2,4 vezes a extensão de Fortaleza). Às pressas, depois de muito custo, outro veículo foi contratado para o serviço.
Parte dos R$ 200 mil repassados emergencialmente pelo Governo do Estado está sendo utilizado para pagar o único limpa-fossa disponível. Pelas contas do capitão Osmar Nogueira, por fossa esgotada, é cobrado R$ 80. Sem ter onde despejar toneladas de dejetos, a solução foi improvisar uma vala gigantesca no lixão da cidade para dar um destino as resíduos. “Não sei o tamanho do buraco, sei que foram necessárias 600 horas para cavá-lo”, calculou o oficial da reserva do Exército.
E-Mais
>Ironicamente, Limoeiro do Norte recebe hoje a visita do ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc. Na pauta, assinaturas de convênios e programas para despoluição e preservação do rio Jaguaribe, manancial poluído pela maioria dos municípios da região que tem rede satisfatória saneamento básico.
>De acordo com Mauro Costa, superintendente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), as prefeituras de Limoeiro do Norte e Quixeramobim serão beneficiadas com um projeto de saneamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Até dezembro de 2010, 86% da zona rural seria coberta.
>Antes das enchentes de 2009, os dejetos das fossas de Limoeiro do Norte, segundo Mauro Costa, já eram jogados no lixão.
>O esgotamento sanitário ainda é o serviço de saneamento menos oferecido à população, mas já existe em mais da metade (52,2%) dos municípios brasileiros. No entanto, o índice de domicílios atendidos pelo serviço de coleta de esgoto fica em 33,5%.
>O atendimento tem seu mais baixo nível de atendimento na região Norte, onde apenas 2,4% dos domicílios são atendidos. A segunda região com o pior atendimento é o Nordeste, com 14,7% dos domicílios atendidos, tendo depois as regiões Centro-Oeste (28,1%) e Sul (22,5%).
>A região Sudeste apresenta o melhor atendimento em esgotamento sanitário: 53% dos domicílios têm rede geral de esgoto.
>Dos 5.507 municípios existentes no País, 2.630 não eram atendidos por rede coletora, utilizando soluções alternativas como fossas sépticas e sumidouros, fossas secas, valas abertas e lançamentos em cursos d’água.
>Nos municípios, a desigualdade dos serviços prestados se repete: quanto maior a população do município, maior a proporção de domicílios com serviço de esgoto. Os municípios com mais de 300 mil habitantes têm quase três vezes mais domicílios ligados à rede geral de esgoto do que os domicílios em municípios com população até 20 mil habitantes.
>Quanto ao abastecimento de água, este é o serviço mais difundido, oferecido em 97,9% dos municípios brasileiros. O serviço de drenagem urbana está disponível para 78,6% dos municípios, sendo que a coleta de lixo está presente em 99,4% deles.
Informações: OPOVO.com.br, Demitri Túlio e Plínio Bortolotti (textos) Dário Gabriel (fotos).
Fonte: Pesquisa Nacional de Saneamento Básico do IBGE (2000) e Prefeitura de Limoeiro do Norte.