terça-feira, 22 de julho de 2008

Orkut nas eleições

A falta de fiscalização faz da internet uma ferramenta para que cabos eleitorais e fanáticos façam uma campanha suja de seus candidatos.
Leia mais:
No site de relacionamentos Orkut existe comunidades, onde seus membros debatem sobre política e eleições.
Alguns desses membros que, usando codinomes escondem seus rostos para agredir verbalmente uns aos outros e aos candidatos, fazer comparações maliciosas, divulgar informações duvidosas como pesquisas eleitorais, entre outros absurdos.
Os próprios ministros do TSE divergiram sobre o tema antes de chegar à decisão de que os casos de irregularidade de propaganda na internet serão avaliados pontualmente, nos processos que surgirem durante a eleição.
As regras da divulgação eleitoral na internet, contudo, ainda não estão esclarecidas.
A maior parte das comunidades de cunho eleitoral não é criada pela direção das campanhas, mas por eleitores dos candidatos.
Leia a reportagem do site Notícias do Vale:
Notícia Postada em 22/07/2008 - www.noticiasdovale.com
“A participação eleitoral na internet no pleito de 2008 gerou uma série de dúvidas entre especialistas e o público em geral.
Tais dúvidas foram desencadeadas pela resolução nº 22.718 aprovada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que dispõe sobre a propaganda eleitoral, "ainda que realizada pela internet ou outros meios eletrônicos de comunicação." De acordo com o capítulo 4º do texto, "A propaganda eleitoral somente será permitida na página do candidato destinada exclusivamente à campanha eleitoral." Ou seja: um candidato não pode, por exemplo, criar uma comunidade no Orkut, publicar vídeos no YouTube ou anunciar em portais informativos (...)
(...) Neste cenário, a pessoa comum que decidir publicar uma comunidade no Orkut sobre os candidatos às eleições poderá ser punida pela nova legislação eleitoral?
A princípio, quem tomou esta decisão não tem com o que se preocupar. De acordo com o advogado Ricardo Penteado, especialista em Direito Eleitoral, uma página pessoal deve ser considerada uma manifestação individual. "Qualquer pessoa pode manifestar sua opinião", lembra o especialista.
Ele ressalva, no entanto, que calúnias e ofensas a candidatos por meio da rede mundial de computadores estão sujeitas à punição pela legislação eleitoral como qualquer outra declaração em meios de comunicação.
A rede mundial de computadores promete ser campo fértil para discussões nestas eleições. Foi feita, na quarta-feira passada, uma busca com o termo "Eleições 2008" em conhecidos sites de internet.
Vejam os resultados: há 809 comunidades sobre as eleições no Orkut (o número de comunidades de candidatos pode ser maior, pois a categoria "Governo e Política" contém mais de 1000 comunidades); mais de 5,3 milhões de páginas no Google sobre o pleito e 636 vídeos postados no site Youtube.”

4 comentários:

Anônimo disse...

Se repararmos bem, veremos que as coisas ditas naquela comunidade, da qual naum participo por temer os fakes, sao as mesmas conversas sobre politica que temos no trabalho, em um pequeno mercantil nas Populares ou em um barzinho. A diferença eh que na naquele forum a conversa fica registrada pra qualquer um ver...

Alex disse...

Concordo que é o mesmo teor das conversas pela cidade... mas lá não é mercantil... a internet é um meio de comunicação como outro qualquer... é minha opinião e respeito a sua... obrigado pelo acesso.

Anônimo disse...

As pessoas deviam refletir melhor antes de discutir "política", afinal de contas os políticos ficam nessa disputa na defesa de interesses próprios. Porquê no lugar de ficar numa esquina, bar, mercantil, ou seja la mais aonde,falando asneiras e arranajado intrigas, as pessoas não procuram informações sobre políticas públicas e seus verdadeiros direitos como cidadão.Ta dado o recado!

Anônimo disse...

As pessoas das comunidades distantes da cidade, são pessoas humildes e com pouca informação. O que naum quer dizer que sejam burras! Entam o que será que certos candidatos pensam quando oferecem dinheiro em troca de voto?
São um bando de sanguessugas porque a política é uma coisa podre, onde muita gente revela seu verdadeiro carater, essa é que é a verdade!