sexta-feira, 24 de julho de 2009

Prefeituras assinam Consórcio de Saúde

Os serviços de atendimento de saúde serão melhorados com a criação do Consórcio de Saúde. Serão criados 16 CEOs e 21 policlínicas com diferentes especialidades. (Foto: Melquíades Júnior)
As principais autoridades da saúde pública estiveram, ontem, neste município, assinando mais um protocolo de intenção para criação de Consórcio Regional de Saúde.
Os prefeitos de Alto Santo, Ererê, Iracema, Jaguaribara, Jaguaribe, Limoeiro do Norte, Pereiro, Potiretama, Quixeré, São João do Jaguaribe e Tabuleiro do Norte formalizaram com o secretário da Saúde do Estado, João Ananias, a implantação do Consórcio Regional de Saúde na microrregião de Limoeiro. Serão 16 Centros de Especialidades Odontológicas e 21 policlínicas com diferentes especialidades que serão gerenciadas por grupos de municípios.
As policlínicas vêm como remédio para a carência na atenção secundária (de média complexidade) no Interior. Com as clínicas oferecendo diferentes especialidades – o que não tiver na policlínica de Russas, por exemplo, será oferecido na de Limoeiro, 30km distante. A intenção é aumentar a resolutividade no atendimento dentro dos próprios municípios e, assim, diminuir a demanda para Fortaleza, agilizando o atendimento ao evitar deslocamento até a Capital.
O consórcio vai gerir, por cessão do Estado, a policlínica e o CEO que serão construídos em Limoeiro do Norte pelo Governo. A gestão dessas duas novas unidades e de outras 19 policlínicas e mais 15 CEOs Regionais que serão entregues à população em todas as regiões até o fim do próximo ano são por meio de consórcios públicos de saúde. Do total de 21 policlínicas, oito já estão sendo construídas (Tauá, Russas, Pacajus, Baturité, Aracati, Camocim, Campos Sales, Icó) e, dos 16 Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs), cinco estão em construção em Acaraú, Baturité, Juazeiro do Norte, Russas e Ubajara.
Para criação do Consórcio Público de Saúde, o protocolo de intenção firmado entre os municípios e o Governo do Estado deve ser ratificado pelo Poder Legislativo de cada ente consorciado para se transformar em lei. O presidente da Câmara Municipal de Limoeiro, Carlos Marcos, defendeu a importância do consórcio, que deverá ser confirmado pelos vereadores limoeirenses. Os consórcios serão responsáveis pela contratação dos profissionais que irão trabalhar nas unidades de saúde e o Governo do Estado assumirá 40% das despesas de custeio.
Assinatura do protocolo de intenção para criação de Consórcio Regional de Saúde. (Imagem: TVJAGUAR.com.br)
Exames e serviços
Com a construção das policlínicas e dos CEOs Regionais o Governo do Estado quer facilitar o acesso da população do Interior a exames e serviços realizados atualmente somente na Capital. Um exemplo é o ecocardiograma, ofertado hoje por três hospitais estaduais. Todos localizados em Fortaleza (Hospital Geral de Fortaleza, Hospital de Messejana e Hospital Geral César Cals).
Na lista de outros exames e serviços oferecidos pelas policlínicas, estão o eletrocardiograma, endoscopia digestiva e respiratória, ultrassonografia, raio x. Em cada policlínica, a previsão é de que sejam realizados 3.696 consultas durante o mês.
Mais informações:
Secretaria Municipal da Saúde de Limoeiro do Norte
(88) 3423.1590
Secretaria da Saúde do Estado
(85) 3101.5220
Informações: Diário do Nordeste

2 comentários:

DIÁRIO CENTRAL disse...

Boa tarde;
Amigo sou blogueiro de Quixadá, gostaria muito claro se possível mim dá umas dicas como fazer um wowzio.

Abraços

portaldiariocentral.blogspot.com
www.diariocentral.blogspot.com

Ernst Trop disse...

O Estado deve promover a luta contra o câncer de mama através da construção de centros especializados para todas as mulheres que não podem pagar medicina privada, contratar mais médicos especialistas em mastologia seria otimo